? ºC Porto Velho - RO

Internacional

05/10/2017 14:00

Mãe é presa por se recusar a vacinar o filho nos EUA

Uma mãe foi condenada nessa quarta-feira (4) a sete dias de prisão por desobedecer uma decisão judicial e se negar a vacinar o filho de nove anos. O caso aconteceu no Michigan, nos Estados Unidos.

No Estado americano, os pais são autorizados a decidirem sobre a vacinação dos filhos. Contudo, Rebecca Bredow desobedeceu um acordo feito na Justiça com o ex-marido.

Segundo o "Extra", quando o filho nasceu, o casal decidiu que iriam espaçar a vacinação da criança. Mas quando se separaram, em 2008, a guarda foi compartilhada e a mãe decidiu que não daria mais as vacinas.

Inicialmente, a mulher tinha concordado com o pai do menino perante o tribunal que a criança seria imunizada, mas acabou não cumprindo a determinação.

Após a prisão, o homem conseguiu uma liminar para vacinar o filho. Apesar da mãe ser a cuidadora primária, segundo a juíza de Oakland, Karen McDonald, o pai ficaria com a “palavra final” nesse caso.

Rebecca contou em audiência que é membro do movimento anti-vacina e que vacinar o filho vai "contra as crenças" dela. "Eu prefiro fica atrás das grades por algo que acredito do que fazer algo que não acredito de forma alguma”, disse.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo