? ºC Porto Velho - RO

Política

29/03/2018 02:45 Fonte: Da Redação

Escândalo em Candeias do Jamari: Hum a mais e hum a menos não vai alterar a rotina dos candeieses.

Por: Marcio Santos

 

Em meio a tantos escândalos, mais um, nunca é de mais.

Uma postagem feita pelo vereador de Candeias do Jamari, no facebook, tem gerado discussão. Esta semana um ex apoiador do vereador Prof. Deassis eleito em 2016,  identificado como Izaque Silva, acusou o vereador Prof. Deassis de compra de votos, e que ele próprio  teria comprado votos para o vereador .

Se comprovado os fatos, tanto um quanto outro podem responder criminalmente na justiça eleitoral, com perda maior , claro para o nobre vereador Deassis Teixeira que será enquadrado no art. 299 do Código Eleitoral: “Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita.”

A discussão que começou nas redes sociais, além de se tornar pública, poderá virar inquérito policial .

Uma vez pública e notória as serias acusações de compra de voto, qualquer cidadão que se sinta lesado, engado pelo parlamentar poderá protocolar denuncia na câmara de vereadores e no T.R.E , pedindo que os fatos sejam apurados.

O caso ainda vai além tendo em vista que envolve diretamente os interesses da câmara de vereadores de Candeias do Jamari, candidatos, partidos e coligações daquela eleição  e a qual fez parte o vereador Deassis, o assunto é serio e as denuncias feitas pelo Ex-apoiador  Izaque Silva é gravíssima e tem que ser apurada.  

A Câmara de vereadores por suas vez, independente de receber formalmente ou não a possível denuncia tem por finalidade colocar na pauta das discussões e investigar as acusações que recai sobre um de seus pares sob pena de cair no descrédito  total com a população.

 

Rede social aliada:

As redes sociais vem sendo fortes aliadas e instrumentos de denuncias da população, e isso é muito bom; Dizem que numa democracia onde não se discute nada é porque a vontade de poucos passou a prevalecer!

 Mas quando numa democracia existe a discussão e o debate no campo das ideias, é que conseguimos saber quem é quem.

Transcrição da discussão:

Ocorre que, em um destes debates ou embates, um apoiador do Vereador Prof. Deassis Teixeira afirmou ter comprado votos para o nobre Edil, em meio ao calor da discussão o Vereador negou veementemente que tivesse participado dessa ação, do “agora” Ex-apoiador.

O nobre Vereador Deassis Teixeira se defende dizendo que “Se você comprou, não com meu dinheiro, mesmo porque eu não tinha dinheiro, sem minha autorização, sem meu consentimento, e se fez isso, é porque você é desonesto e se pensa que irá usar isso contra mim, pode ir tirando o cavalo da chuva, não vai funcionar, mesmo porque já chegou aos meus ouvidos que estão armando algo contra mim, vão querer plantar calúnias, mentiras, difamação, a meu respeito, já temos a informações, e será com certeza caso de polícia. vai ter que provar sua infâmia.”

É importante, que todos os fatos sejam passados a limpo, porque não podemos correr o risco de termos pessoas desonestas fazendo parte do que é publico.

É importante que o Vereador Deassis, neste momento, faça o que disse que ia fazer transformar isso em caso de policia. “e será com certeza caso de polícia. vai ter que provar sua infâmia.”

Rebando a defesa do nobre Edil, Isaque Silva responde o seguinte: “Pior é que posso provar.“

A nós, população, cabe esperar o desfecho dessa história!

                       

 

 

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo