? ºC Porto Velho - RO

Saúde

10/01/2018 12:36 Fonte:RondoniaDinamica

GESTÃO 2018:Prefeito Hildon Chaves diz que 2018 será o ano da saúde

O prefeito de Porto Velho, doutor Hildon Chaves, levou mais de um ano para reconhecer o óbvio: que o caos que impera na saúde municipal não resulta da carência de recursos.

Ao participar de reunião com diretores das unidades de saúde da rede municipal na manhã desta terça-feira (9), no auditório da Secretaria Municipal da Saúde (Semusa), o prefeito dr Hildon Chaves disse que este ano de 2018 será o ano da saúde. Segundo ele, o setor não enfrenta problemas com a falta de recursos, de estrutura, nem de pessoal. O que falta, em sua análise, é planejamento e gerenciamento.

Dr Hildon disse que o município vai investir mais de R$ 300 milhões na saúde pública este ano, praticamente o dobro da exigência constitucional e quase R$ 1 milhão por dia. Pela Constituição, o município tem que aplicar 18% do orçamento anual no setor. O prefeito disse que estará sendo investido 35%, isto é, praticamente o dobro do repasse mínimo exigido.

“A Prefeitura de Porto Velho gasta muito, mas gasta mal. A saúde tem sido um dos ralos ao longo dos anos. Este é um setor que quando se administra mal, causamos muito mal à população. Nossa equipe é de primeira, os servidores são competentes, engajados, temos cerca de 400 médicos, mas mesmo assim recebemos muita crítica e reclamação. Quando a gente é ineficiente, a população é quem sofre. É hora de parar e reavaliar. O que está acontecendo?”, questionou.

Segundo o prefeito, um dos grandes problemas é a descontinuidade das ações a cada troca de prefeito. “A cada novo gestor, a saúde começa do zero. Isso é insustentável e inaceitável. Quero deixar como grande legado de minha gestão para o próximo gestor, uma estrutura administrativa minimamente eficiente”, afirmou.

 

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo